O vereador critica fortemente a ineficiência da RGE-Sul.

O vereador Adriano Schneider (PSDB), ao fazer uso da palavra, primeiramente falou sobre a colocação de Anastacia Zart acerca da implantação do turno único. Relatou que conversou com diversos agricultores sendo que todos apoiaram a iniciativa já que a maior demanda de fechamento de silos ocorre a partir de janeiro sendo que neste período, a carga horária estará normalizada. Afirmou que a medida auxiliará no fechamento das contas do Município já que foi necessária uma contrapartida de R$ 800.000,00 para não perder a verba destinada ao asfaltamento no montante de R$ 3.600.000,00.

Falou sobre a luta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cruzeiro do Sul evidenciando a sua importância ao Município. Agradeceu a dedicação da diretoria, em especial, do presidente Marcos Hinrichsen.

Registrou a ineficiência do serviço prestado pela RGE Sul em Cruzeiro do Sul apontando os inúmeros eletrodomésticos queimados decorrentes de quedas de energia. Solicitou o levantamento do valor arrecadado pela distribuidora no Município e reivindicou explicações quanto a falta de qualidade do serviço. 

Quanto a EGR, comentou sobre o pedido de isenção de pagamento das tarifas de pedágio aos cruzeirenses que foi negado. Caracterizou as condições da rodovia como vergonhosa reivindicando explicações e atitudes sobre a questão. “..Se eles só sabem arrecadar em nosso Município e não querem investir, que saiam daqui..” destacou Schneider.

Quanto ao pedido de Jair Klein sobre a árvore no educandário Novos Caminhos, Adriano registrou que a outra Administração deveria ter tido o cuidado ao construir o prédio já que na época a árvore já existia e estava desenvolvida. Solicitou aos responsáveis que avaliem a situação a fim de solucionarem.

Conclui sua exposição convidando os munícipes para a 7º ExpoCruzeiro e Festa do Aipim que ocorrerá de 20 a 24 de novembro.

Data de publicação: 12/11/2019

Créditos: Joseane Scheibel

Créditos das Fotos: Joseane Scheibel

Compartilhe!